REFLEXSONS


Dominguinhos - de volta, pra ficar

Os restos mortais do cantor e sanfoneiro Mestre Dominguinhos, foram enterrados definitivamente no cemitério da cidade de Garanhuns, Pernambuco.
A cidade foi escolhida pelo próprio Dominguinhos, ainda em vida, para abrigar seu corpo, após sua morte. Nada mais justo então, a iniciativa do governo municipal em tentar satisfazer a vontade do cantor, que nasceu em Garanhuns.
video
Apesar de ser um enterro, ou re-enterro, foi uma tarde de festa também na cidade do agreste pernambucano. A prefeitura decretou ponto facultativo após as 12h e o cortejo com o carro fúnebre e dois ônibus com convidados e parentes do cantor chegaram à entrada da cidade por volta das 13h30m do dia 26 de setembro de 2013. O cortejo veio de Paulista, região metropolitana do Recife, ladeado por batedores da polícia militar e passou por várias ruas e avenidas de Garanhuns, também com homenagens durante todo o percurso nas cidades por onde passava. 

A população de Garanhuns, nas calçadas e ruas, aplaudia, cantava músicas do cantor e se emocionava. Presenciei várias pessoas em lágrimas ao meu lado, no momento que passava o cortejo. Na rua do cemitério foi armado um palco para apresentações de músicos e orquestras e uma multidão aguardou a chegada do esquife durante toda a manhã. A solenidade e o enterro aconteceram por volta das 14h30m sob muito sol e muita emoção. A prefeitura da cidade construiu um mausoléu para  completar a homenagem ao filho da terra. A programação continuou até o final da tarde. Clique aqui para ver a reportagem completa.

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Blogger Comentário
    Facebook Comentário

0 comentários:

Postar um comentário