REFLEXSONS


Adoro crianças, lá longe

Algumas coisas me deixam muito irritado. Claro que todos nós temos algumas coisas que nos deixam irritados, evidentemente. Mas, da minha, até grande, lista-de-coisas-muito-irritantes, destaca-se entre as primeiras posições: barulho de criança chorando, gritando, brincando com outras, brigando, falando alto e por aí vai. Multiplique a irritação por dez, quando elas estão em restaurantes com seus respectivos pais ou adjacentes, batendo nos talheres, dando gritinhos e aqueles típicos apitos com a garganta, enquanto os mesmos pais riem achando lindo. E se você olhar com um ar sério, os papais e mamães ficarão abusados com você, como se a falta de educação deles e o barulho dos seus queridinhos fossem uma dádiva dos céus, um presente maravilhoso da natureza para os ouvidos dos outros que nada tem a ver com seus pirralhos. Um dos meus sonhos de consumo: descobrir restaurantes, lanchonetes e afins que tenham placas indicando áreas de atendimento para pessoas com crianças ou proibindo a entrada delas. Como fazem com as pessoas com animais de estimação. Mas, enquanto não descubro isso, faço o que posso, sempre dou uma olhada antes de entrar em qualquer lugar que frequento, evito sentar perto de felizes casais com suas crias maravilhosas e se acontecer qualquer incômodo pra mim, mudo de lugar ou saio o mais rápido possível. Afinal o cabuloso e incomodado sou eu. Mas que é irritante é.

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Blogger Comentário
    Facebook Comentário

0 comentários:

Postar um comentário