REFLEXSONS


Tem música boa por aí !

Pois é Seu Zé, pois é Dona Maria. Deixem de preguiça e destapem as “oiças”. Eu to sempre reclamando das porcarias musicais que afloram por aí, ofendendo nossos ouvidos e injuriando nossa paciência.  Tô falando dos barulhos infernais que rondam nossas ruas com os famigerados vendedores de CDs e DVDs  piratas e dos carros de filhinhos de papai que saem bombando nossos ouvidos com seus carros maravilhosos e cheios de alto falantes, twiters, subwoofers, e toda tralha eletrônica pra se mostrarem pras garotas e garotos e ainda por cima dizerem que gosta de música. Chamando de música, zoadas acompanhadas de rimas ridículas e estapafúrdias tipo, Cavaleiros do Forró, As Safadas, Cheiro Disso e Daquilo, bandas com nomes de comidas diversas, pagodes com títulos que parecem brincadeiras de idiotas, baianices pobres mandando fazer assim ou assado, jogando pernas, braços e bundas nas mais variadas posições ... enfim, chega de tanto falar em lixo musical.
Alexandre Nero
Falo pouco e bem de uns caras que estão por aí espalhando coisas boas de ouvir. Rimas inteligentes e criativas, embaladas por ritmos gostosos e bem cuidados. Um deles é o tal Alexandre Nero, aquele ator que faz o marido violento que bate na esposa Celeste, na novela das oito da Globo. Pois é, Seu Zé, não é que o cara é cantor, compositor, arranjador, sonoplasta, diretor musical e ator. E pra não dizer que eu to mentindo, assim que puder dê uma conferida na internet, digite Alexande Nero e a Maquinaíma no Google que vai aparecer um link até pra baixar as músicas. Se você gostar de musica brasileira com um certo toque de Chico Science misturado com uma sonoridade que lembra Lenine, ouça sem medo. Você pode conferir algumas músicas dele no playlist aqui no blog.
Marcelo Jeneci e Laura Lavieri
Outro rapaz que dá gosto de ouvir é sem dúvida Marcelo Jeneci. Esse faz música de todo tamanho, pra todos os gostos. Fazendo parte da tal Nova MPB (mais um rótulo que inventaram) o homem é compositor e cantor de primeira.  Criativo em ritmos, rimas, arranjos e boa sonoridade. Da pra ouvir com os olhos fechados ou não, alegre, melancólico, pensativo, e por aí vai. Marcelo Jeneci nos dá uma música inspirada e inspiradora, algumas vezes instigante. Vale a pena abrir as “oiças”. No playlist do blog tem alguns sons dele. Pode curtir. Mas, Seu Zé e Dona Maria, continuemos também nossas reclamações contra as porcarias musicais que contaminam e colocam câncer em nossa sofrida MPB.

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Blogger Comentário
    Facebook Comentário

0 comentários:

Postar um comentário