REFLEXSONS


Elis brilhante Regina



Não sei se você já teve oportunidade de escutar um disco de vinil. Não sei nem se você já ouviu falar nisso. Vinil ? Disco ?  Pois é Seu moço e moça leitores. Nesses tempos onde o CD já é quase considerado jurássico, imagine eu tá aqui falando em vinil.  Mas, eu nem ligo viu. Tenho um toca disco vinil em pleno funcionamento e alguns “vinis” em estado bastante “escutáveis” e me permito esse prazer de quando em vez. Prazer sim, pois não importa apenas ouvir o dito cujo. Tem todo um ritual a cumprir. Tipo, manusear com cuidado o precioso, observar a capa grande, tirar do plástico, ligar o aparelho, acertar a rotação correta, colocar a agulha no bicho e...escutar... escutar as músicas naquela ordem determinada, pois não tem como ouvir aleatoriamente. E, principalmente ouvir aqueles chiadinhos dos arranhões do disco, às vezes entre uma música e outra, ou durante a própria. É uma experiência, pode acreditar. Mas o melhor ainda está por vir. Se você, além disso, ainda tem a possibilidade de possuir um disco de Elis, em vinil, então... pode se considerar um felizardo. Eu tenho. E me considero.
Minha sugestão, o LP “Falso Brilhante” de 1976, com cinco músicas de cada lado. Lado 1, com 17,43 minutos  e o lado 2, com 16,41 minutos. Tem jóias pra encantar os ouvidos e o coração, tipo:  “Como Nossos Pais” e Velha Roupa Colorida” de Belchior, “Gracias a La Vida” de Violeta Parra, “Tatuagem” de Chico Buarque e Ruy Guerra e o belíssimo arranjo de “Fascinação” em versão de Armando Louzada. 
Pois então moço e moça ligue sua vitrola, coloque um pouco de vinho tinto numa taça, sente-se num lugar agradável, tomara que esteja muito bem acompanhado ou acompanhada e curta seu vinil, sua Elis, seus chiadinhos...
Tem mais. Mais música boa, mais lição de cantar, lição de interpretação, lição de lembrar, lição de sonhar, viajar... entre barulhinhos, bons vinhos, suspiros, sorrisos da alma. Boa dose de Elis prá vocês .
Elis em cena, no show Falso Brilhante.

# Compartilhar

    Blogger Comentário
    Facebook Comentário

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Elis Regina... ESSA MULHER, seja no vinil, fita cassete, cd, mp3, mp-qualquer coisa, sempre será a eterna LUZ DAS ESTRELAS! Quem se diz amante da MPB, com certeza conhece essa voz que vem encantando toda e qualquer geração. Elis Regina, imortalidade que transcende qualquer TRANSVERSAL DO TEMPO!!!

    ResponderExcluir